Reabilitação de Edifício de Habitação Colectiva

TRAVESSA DE SANTA MARTA, LISBOA

Reabilitação de um edifício típico do período gaioleiro, constituído por paredes exteriores em alvenaria de pedra argamassada, parede em frontal no sentido longitudinal, na separação entre habitações e destas com a caixa de escada, restantes paredes em tabique, pavimento em viga de madeira tarugada forrada a tábua de sôlho em pinho e tectos forrados a estuque sobre emboço pardo e fasquiado.

A intervenção proposta tem como objetivo a execução de obras de manutenção e conservação da cobertura e das fachadas e a melhoria dos padrões de habitabilidade do edifício, dotando-o de condições de higiene, conforto e salubridade e adequando a organização funcional dos fogos aos padrões de vida actuais.

São mantidos todos os elementos que conferem identidade ao edifícios, nomeadamente estuques, serralharias, paleta cromática e as características espaciais.